OAB-GO debate defesa das prerrogativas da advocacia com novo delegado-geral de polícia

Comissão Organizadora divulga resultado da primeira edição do programa de intercâmbio “Por Dentro do Supremo”
22/02/2021
Após denúncia de captação ilegal de clientes, OAB-GO fiscaliza redondezas de três agências do INSS
22/02/2021
Exibir tudo

OAB-GO debate defesa das prerrogativas da advocacia com novo delegado-geral de polícia

22/02/2021 14:00

OAB-GO debate defesa das prerrogativas da advocacia com novo delegado-geral de polícia

Representantes de quatro comissões da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) se reuniram na manhã desta segunda-feira (22 de fevereiro) com o novo Delegado-Geral da Polícia Civil de Goiás, Alexandre Pinto Lourenço, e com o delegado-geral adjunto, Deusny Aparecido Silva Filho.
Entre as pautas, foram debatidas a oferta de um curso de manuseio de arma para advogados, o aprimoramento da discussão das prerrogativas da advocacia nos cursos de formação e de especialização da corporação, a manutenção da sala destinada à advocacia na Central de Flagrantes, combate à captação indevida de clientes e prevenção de crimes contra a advocacia.
Medidas

O presidente da Comissão de Segurança Pública da OAG-GO, Edemundo Dias de Oliveira Filho, revela que foi acertado um convênio entre as instituições que prevê cursos de especialização em carreira (de escrivãos, agentes, delegados) e de formação para os que ingressarem na PC-GO, onde a OAB-GO terá espaço para debater sobre as prerrogativas da advocacia. “Esperamos que o relacionamento entre as instituições e os interesses republicanos sejam respeitados.”
A manutenção e aprimoramento da Sala de Apoio às Advocacia na Central de Flagrantes também esteve entre os temas. “Vamos fiscalizar a captação de clientes de forma indevida e exigir o respeito às prerrogativas dos advogados, seja na oitiva dos conduzidos ou durante o andamento inquérito do inquérito policial.”
Participara da reunião, além de Edemundo Dias: o vice-presidente da Comissão de Direito e Prerrogativas, Kleyton Carneiro Caetano; o presidente da Comissão de Direito Criminal, Rogério Pereira Leal; membro da Comissão de Direitos Humanos, Maria de Lourdes Silva; Jefferson Ribeiro, membro da Comissão de Direito Criminal.

Fonte OAB/GO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *