Representantes da OAB-GO discutem na PF respeito às prerrogativas da advocacia

Confira a programação da Rádio Justiça para esta quarta-feira (9)
08/10/2019
OAB-GO torna público edital de abertura de inscrições para formação de Lista Sêxtupla para o TJ-GO
08/10/2019
Exibir tudo

Representantes da OAB-GO discutem na PF respeito às prerrogativas da advocacia

08/10/2019 14:00

Representantes da OAB-GO discutem na PF respeito às prerrogativas da advocacia

Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) realizaram na manhã desta terça-feira (8 de outubro) reunião com representantes da Polícia Federal em Goiás para tratar do respeito as prerrogativas da advocacia.

Entre os temas debatidos: dificuldades de acesso às dependências dos cartórios, de contato com escrivães e delegados, no sentido de despachar petições urgentes protocoladas, de obter acesso aos inquéritos policiais e procedimentos conexos, enfim, dificuldades de exercer a advocacia e a representação do seu cliente; Dificuldade de acesso e entrevistar pessoal e reservadamente com os clientes presos na Superintendência da PF, especialmente se for à noite e fim de semana; e direito de obter certidão de comparecimento perante à Superintendência, presente na própria Constituição Federal Brasileira, em seu artigo 5º, inciso XXXIV, “b”, que garante aos cidadãos.

Participaram da reunião pela PF: Dr Josélio Azevedo de Sousa, Superintendente Regional Polícia Federal em Goiás; Dr Rômulo – Delegado da Polícia Federal, Dra Marcela – Delegada da Polícia Federal. Pela OAB-GO: Dr Auro Borges – Vice-Presidente da Comissão de Direito Criminal e Conselheiro Seccional da OAB/GO, Dr David Soares – Presidente da Comissão de Direitos e Prerrogativas e Vice-Presidente da CASAG e Dr Kleyton Caetano – Vice-Presidente da Comissão de Direitos e Prerrogativas.

“Nosso objetivo é mais do que nunca estreitar os laços com a polícia federal, entendemos que a parceria entre as instituições é o caminho mais dinâmico e efetivo, tenho certeza que queremos chegar aos mesmos objetivos”, afirmou David Soares.

Fonte OAB/GO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *